9.4.13

Querido blogue,

sofro de falta de paciência crónica para pessoas, conversas da chacha, pessoas que acham que sabem tudo, gente que se acha no direito de opinar sobre a vida dos outros. Sofro de falta de paciência para gente que se chora, que se vitimiza, que mente, que aldraba, que se acha mais esperta que os outros. Tenho falta de paciência para conversas de circunstância, gente teimosa, gente que se acha mais importante do que os outros, gente que não tem sentido de humor, gente que não se sabe rir, gente que se leva demasiado a sério. Daí que não faça fretes, que não me dê ao trabalho de conhecer gente que sei à partida que não me interessa. Daí que não tenha 1500 amigos no facebook. Daí que seja tão desligada da família, porque não me identifico. Daí que me achem estranha, diferente. Porque não tenho paxorra, porque não faço fretes, porque não vou em conversas.

2 comentários:

Menino da Mamã disse...

Aposto que te divertes mais que os outros, nesse caminho.

Desde que durmas melhor à noite, isso é tudo o que importa, trust me :)

O resto são balelas.

Mary disse...

Há quem lhe chame mau feitio.:P